História da Escola

escuela1
Origem, Gênesis e Desenvolvimento 

da Escola de Medicina Oriental Neijing

_______________________________________________________________________

Fundação

A Escola Neijing surge em 1972 com a iniciativa do Mestre Jose Luis Padilla Corral em buscar alternativas e respostas às inúmeras interrogantes que a enfermidade apresentava.

Desta maneira, começou a investigação do universo da Medicina Tradicional Chinesa, uma das mais antigas da humanidade e que perdura ininterruptamente até os dias de hoje.

Ao mesmo tempo foi-se incorporando no diagnóstico e nos tratamentos um conteúdo filosófico de caráter humanista, uma nova perspectiva sobre a saúde, a prevenção, a dor e o sofrimento.


Os três pilares básicos da Escola Neijing: 


Assistência

sem título-35

Atendimento a pacientes que procuram a Medicina Chinesa como recurso para alívio das suas enfermidades.

 

 


Formação e Investigação

Estágio

A formação na escola inclui:

1] Grupos de Especialização

2] Investigação e Pesquisa

3] Curso de Formação de Sanadores (segundo os referenciais da filosofia humanista).


Os  ensinamentos da antiga tradição chinesa apresentam-se como um caminho fundamental para entender a enfermidade, definida no contexto do humanismo sanador, como um “processo adaptativo de saúde”.

images-8Através da leitura dos textos antigos podemos confirmar a validade dos conhecimentos  milenares. A sua vigência até os dias de hoje se deve ao alto grau de renovação, foco aguçado na investigação e enorme grau de adaptabilidade aos tempos modernos.


fundamentos-da-medicina-tradicional-oriental-jose-luiz-padilla-corral-8572415971_200x200-PU6eb341fd_1Publicações

A investigação permanente que deu início na década de 70 permitiu, rapidamente,  uma série de publicações sobre medicina oriental voltadas para todos aqueles profissionais  que procuravam deduzir os pressupostos terapêuticos inerentes a esta forma de sanação e que poderiam vir a se tornar ferramentas úteis no processo de re-equilibrar a saúde dos pacientes. Assim surgiu a revista “Medicina Tradicional” que já leva 30 anos de existência publicando artigos originais. A revista aborda temas filosóficos e clínicos, aspectos de medicina preventiva e espirituais desta prática milenar de sanação.

Outras publicações da Escola Neijing:

http://www.escuelaneijing.org/publicaciones.html


Escola Neijing no Mundo

A Escola Neijing se encontra hoje disseminada em 15 países desde o norte da Europa até América do Sul sempre respeitando os princípios do ensino humanista, assistência e investigação contínua.


Tian España
Tian España

TIAN – Centro de desenvolvimento e investigação da Medicina Oriental Chinesa – Pozo Amargo, España

A sede internacional da escola Neijing possibilita a todos os interessados o aprendizado intensivo da “Arte de Sanar” por meio da investigação, assistência e formação, onde os estudantes podem desenvolver o seu artista interior. O centro de estudos TIAN tem capacidade para 200 alunos e, de atendimento para 50 a 100 pacientes dia.


“A única possibilidade de lidar com o conhecimento tradicional deve ser: identificar no homem todos aqueles elementos de universalidade que possui e assim resgatar dele todos esses aspectos e toda a sua natureza intrínseca que não é utilizada habitualmente por estar preso ao mundo racional, a lógica e ao entendimento fechado dos conceitos antigos. “ J.L.P


IMG_3145Em TIAN não encontramos somente elementos puramente clínicos,mas também a contribuição daqueles outros que mesmo parecendo afastados do universo da sanação,  ajudarão na flexibilidade sensível do sanador e a ampliar os seus horizontes, a saber: a dança como elemento sagrado, a física, a música, a poesia, o ritmo, a caligrafia china, a produção de som através de composições que procuram recuperar a harmonia do ser. Todas elas são atividades cotidianas em Tian. Tudo isto leva ao resgate daquele elemento universal mencionado antes. Assim o aporte de todos os elementos juntos, irão direta ou indiretamente contribuir com a sanação do planeta.


 Humanismo sanador

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Humanismo sanador analisa e investiga, desde a ótica da tradição, todos aqueles mecanismos que geram a doença na nossa espécie. Este estudo abarca diferentes campos de ação:  político,  econômico, social, familiar, religioso, sexual, cultural e artístico. Em todos estes diferentes contextos encontramos fatores que geram doença e em todos eles é possível propor soluções segundo a autêntica natureza do ser. O humanismo sanador propõe a revolução interior para o despertar de cada ser.

 

Anúncios

Medicina Tradicional Chinesa – A Arte de sanar

%d blogueiros gostam disto: